Sho Rio
Pontos turísticos

De onde vem o nome Copacabana

Olha que bacana, lendo uma matéria do Diário do Rio, encontrei o significado de Copacabana:

Significa mirante do azul, na língua Inca Quichua. Também existe uma cidade boliviana nas margens do Lago Titicaca com o nome de Copacabana. Originalmente, o nome do bairro era Sacopenapã que  era um areal deserto quando pescadores ergueram uma capelinha no extremo sul da praia. Nela foi colocada a cópia de uma imagem de Nossa Senhora de Copacabana, trazida por mercadores de prata bolivianos. A igreja foi destruída para dar lugar ao Forte de Copacabana.

Copacabana em 1900

 

E fui fuçar a sua história e algumas fotos antigas, que adoro ver… acho realmente que vivi no Rio nessa época em outra vida, não é possível! Acho tudo fascinante aqui…

Copacabana 1

 

Copacabana é o bairro mais conhecido do Rio de Janeiro, do Brasil, do mundo!

VISTA DE COPACABANA DO ALTO DO FORTE DO LEME

VISTA DE COPACABANA DO ALTO DO FORTE DO LEME

 

“(…) Depois que voltei, juntei-me a um alegre grupo num passeio a cavalo a Copacabana, pequena fortaleza que defende uma das pequenas baías atrás da Praia Vermelha e de onde se podem ver algumas das mais belas vistas daqui. As matas da vizinhança são belíssimas e produzem grande quantidade de excelente fruta chamada cambucá, e nos morros o gambá e o tatu encontram-se frequentemente (…)”

Maria Graham – Londres – 1824

“(…) O primeiro plano, formado pelo prolongamento das montanhas que beiram a costa do Rio de Janeiro, permite verem-se as pequenas ilhas e bancos de areia que assinalam a sua proximidade. Vê-se no meio da areia a pequena igreja de Copacabana, isolada num pequeno platô: à direita um segundo plano formado por um grupo de montanhas entrando mar a dentro esconde a sinuosidade do banco de areia cuja extremidade aparece com a sua parte cultivada tão reputada pelos seus deliciosos abacaxis. Aí se forma a embocadura de um pequeno lago alimentado pelas águas do mar em maré alta.”

Jean Baptiste Debret – França – 1834

 

A primeira lenda que se conhece sobre Copacabana o bairro, que já tinha este nome, conta que duas baleias, encalhadas segundo alguns, livres segundo outros, teriam aparecido na praia, no final de agosto de 1858. Entre os dias 22 e 23 daquele ano, centenas de pessoas – com o imperador Pedro II e sua comitiva à frente – deslocaram-se para vê-las.

Os mais ricos seguiam de coches, puxados a cavalo, e levavam um grande farnel barracas para se acomodarem. Outros iam a cavalo, ou mesmo a pé. As baleias não estavam mais lá, apesar disso, quem ficou na praia divertiu-se muito, num piquenique que durou três dias e três noites.

Começou daí o namoro da população do Rio de Janeiro com aquele areal inóspito e insalubre, que em meados do século XVIII, trocara o nome de Sacopenapã (toda a região de Copacabana até a Lagoa Rodrigo de Freitas), em tupi o caminho das socós (ave pernalta, da família dos ardeídeos, muito abundante nas restingas do Rio de Janeiro), por Copacabana , mirante do azul, em quichua (nativos do Peru e da Bolívia) e, também, vem do termo aymara arcaico Copakawana e significa aquele que atira a pedra preciosa.

Copacabana 3

A CAPELA PARA NOSSA SENHORA DE COPACABANA NO FINAL DO SÉCULO XIX

 

O ENCONTRO DOS DOIS LADOS DO TÚNEL VELHO EM 1892

O ENCONTRO DOS DOIS LADOS DO TÚNEL VELHO EM 1892

ladeiradostabajaras 1928

ALTO DA LADEIRA DOS TABAJARAS EM 1938

avatlntica1906

AVENIDA ATLÂNTICA EM 1906

avatlntica19253

PRAIA DE COPACABANA E A MODA PRAIA VERÃO DE 1925

avatlntica1919 (2)

A RECÉM INAUGURADA AVENIDA ATLÂNTICA EM 1919

HOTEL COPACABANA PALACE

HOTEL COPACABANA PALACE

AVENIDA NOSSA SENHORA DE COPACABANA

AVENIDA NOSSA SENHORA DE COPACABANA

Copacabana fez política durante décadas, porque muitos nomes que fizeram a história do Brasil escolheram o bairro para morar:

Presidentes da República

  • Eurico Gaspar Dutra
  • João Fernando Campos Café Filho
  • Carlos Coimbra da Luz
  • Nereu de Oliveira Ramos
  • Juscelino Kubitscheck de Oliveira
  • João Belcjior Marques Goulart
  • Ranieri Mazzili
  • Emílio Garraztazu Médici
  • Tancredo de Almeida Neves

 

Governadores

  • Carlos Werneck Lacerda
  • Magalhães Pinto
  • Leonel de Moura Brizola

 

Ministros de Estado

  • Odílio Denys
  • Afrânio de Mello Franco
  • Henrique Teixeira Lott
  • Armando Falcão
  • Horácio Lafer
  • Lyra Tavares
  • Lucas Lopes
  • Otávio Gouveia de Bulhões
  • Otávio Gondin

 

Outros políticos, militares e personalidades

  • Assis Chateaubriand (na Avenida Atlântica entre Rua Miguel Lemos e Rua Djalma Ulrich)
  • Benedito Valadares
  • Olímpio Mourão Filho
  • Cibilis Viana
  • Roberto D’Ávila
  • Dorival Caymmi
  • Augusto Frederico Schmidt
  • Paulo Coelho
  • Billy Blanco
  • Clovis Bornai
  • Mário Lago
  • Neguinho da Beija-Flor
  • Josué Montello
  • Cauby Peixoto
  • Sylvinha Telles
  • Dercy Gonçalves
  • Braguinha
  • Bruno Medina
  • Marta Rocha

 

FONTE: http://copacabana.com/historia-de-copacabana/

 

Você pode gostar também