Browsing Category

Pontos turísticos

Passeios Pontos turísticos

Roteiro de 3 dias – Rio de Janeiro pela primeira vez

Copacabana - roteiro 3 dias destaque

Se você ainda não conhece o Rio de Janeiro e tem apenas um final de semana para isso, eis aqui algumas dicas do que poderá fazer nesse tempo. Montei um roteiro de 3 dias como sugestão, que normalmente fazemos com nossos amigos que vem fazer esse “bate-e-volta” pela primeira vez. Dá para conhecer o básico e fazer bastante coisa se o dia for bem planejado, acordar cedo, etc. Vamos contar que você chegue numa sexta-feira pela manhã e vá embora num Domingo à noite, para aproveitar bem. Continue lendo

Passeios Pontos turísticos

Enfim Thata no Bondinho do Pão de Açúcar

Bondinho Pao de Acucar - destaque

O fim de semana foi bastante turístico por aqui, pessoal! Quem me acompanha no Instagram pôde ver algumas fotinhos.

Finalmente fui ao bondinho do Pão de Açúcar pela primeira vez, pasmem! Isso só aconteceu agora, depois de mais de 5 anos morando aqui, porque todas as outras vezes eu deixava para ir quando recebíamos visitas, só que eu sempre estava trabalhando porque caía durante a semana ou a visita tinha medo de altura e eu acabava não indo nunca! Agora consegui conciliar o dia da semana com o passeio :) .
É uma vergonha, né? Mas tem uma explicação lógica, vai… Continue lendo

Passeios Pontos turísticos

Mirante Dona Marta

Mirante Dona Marta - destaque

Hoje vou falar de um passeio gratuito e que turista adora: subir até o Mirante Dona Marta.

Quando estive no Rio pela primeira vez, ficava me perguntando de onde era aquela visão famosa do Pão de Açúcar, que sempre saía em todas as fotos, na mídia, nas novelas, aquele clássico ângulo maravilhoso do Pão de Açúcar e da Baía de Guanabara. Pois bem, era a vista do Mirante Dona Marta, que descobrimos logo logo, afinal todo turista que se preze precisa tirar uma foto com essa paisagem! Continue lendo

Passeios Pontos turísticos

Largo do Boticário: Um cantinho escondido no Rio

Largo do Boticario - destaque

Estava eu ali, nas minhas andanças pelo Rio, passando na rua em frente ao trenzinho que leva para o Corcovado (Rua Cosme Velho, 513 – Cosme Velho) quando meu marido fala: “olha aí do lado, em algum desses becos, tem um conjunto de casas antigas, é bonito, deve ter alguma coisa lá”… pra quê né? Na hora falei para entrar, que com certeza deveria ser algum lugar histórico do Rio, algum ponto turístico, qualquer coisa! Meu faro pra essas coisas não falha nunca :) Continue lendo

Passeios Pontos turísticos

Um passeio pelo Jardim Botânico do Rio de Janeiro

Destaque_Jardim Botanico

Lá vem post clichê e delicioso! :)

Todos sabem que o Jardim Botânico do Rio de Janeiro é lindimais, principalmente os cariocas, não é mesmo? E eu amo esse lugar! Porém, muitos preferem a praia nesse calorão doido do Rio. Afinal, andar debaixo do sol de 45° não é moleza (sensação de 50° em alguns dias, Jesusss), mesmo tendo muitas árvores, tenho que concordar que aquele ti-bum no mar ou banho de ducha na areia fica bem convidativo… rs. Continue lendo

Gastronomia Passeios Pontos turísticos

Cariocando com amigos no Rio de Janeiro – passeios cariocas

Lagoa Rodrigo de Freitas RJ 2

Olá, queridos!

Como foram de final de semana? Rezei tanto por um solzinho por aqui, que ele apareceu, apesar do vento gelaaaaaado!

Recebemos amigos muito queridos aqui na cidade maravilhosa e fomos mais uma vez turistar com eles, coisa que eu mais amo fazer com amigos! Os passeios renderam pics maravilhosas e tem dica boa de onde comer um belo peixe com frutos do mar na Barra da Tijuca. Vamos lá!

Como foi praticamente um bate-e-volta e eles ja conhecem bastante coisa aqui no Rio, aproveitamos a chegada do sábado para passear no Aterro do Flamengo e na Lagoa Rodrigo de Freitas logo de cara, dois cartões-postais imperdíveis no Rio, dá para fazer numa manhã. Continue lendo

Passeios Pontos turísticos

A vida em Copacabana aos finais de semana

DESTAQUE copy

Olá, pessoas! Como foram de final de semana? Espero que muito bem!

Aqui no Rio ficou um tempo bem feinho Sábado e senti muita falta do sol nos dias anteriores também, mas Domingo fez um sol lindo, para a nossa alegria. Detesto tempo nublado, mas pior é com chuva, porém sei que é necessário, a cidade até respira melhor depois de umas gotas de água vindas do ceú e a gente agradece. Se São Pedro quiser dividir essa água lá na minha terrinha seria bão né? Estão precisados. Continue lendo

Dicas culturais Passeios Pontos turísticos

Feira do Lavradio

Olá, queridos!

Hoje vou estrear meu canal no Youtube (yupiii) com um vídeo super bacana que fiz pra vocês!!! O maridão foi quem editou tudo e espero que gostem :), é mais para sentirem um pouco como é passear por essa feira deliciosa.

No comecinho do mês fui garimpar umas coisinhas MARA pra minha casa na Feira Rio Antigo, mais conhecida como Feira do Lavradio. Um lugar pra quem gosta de andar e descobrir novos artistas, encontrar peças antigas, clássicas, retrô, vintage e tudo o mais… ela acontece no bairro mais boêmio do Rio e tem tudo a ver com o clima carioca, totalmente A CARA DO RIO. Eu gosto de entrar nesse mundo de cabeça, examinar cada detalhe, cada trabalho, cada pincelada de um artista e fico horas admirando e tentando entender o que ele quis expressar com a obra, com o objeto ou o que quer que seja. Acho fantástico tudo isso que encontramos lá!

E o mais legal, as pessoas tem uma energia boa, parece sempre quererem se ajudar ali, serem sempre “da paz” sabe? No meio da feira vem passando uma banda, entrega panfletinho, faz sua propaganda, aí você anda e encontra outra banda, depois anda mais um pouco e encontra atores cantando e dançando, chamando o público para participar da cena. Que incrível esse clima, gente! E a Lapa então? É o bairro da alegria, eu diria! Vocês precisam ver os dançarinos de um boteco saindo na porta, parando o trânsito e dançando entre os carros!!! Vou postar esse vídeo pra vocês logo mais, muito divertido.

Essa feira acontece todo primeiro sábado do mês, por isso queria muito escrever sobre ela hoje, vai acontecer nesse sábado agora dia 02 de agosto. IMPERDÍVEL! Não só pelas comprinhas que você vai fazer, mas mesmo que saia de mãos abanando, vale o passeio, vale comer um petisquinho e tomar uma cerveja ouvindo o som do samba do restaurante da esquina!

A feira é realizada na Rua do Lavradio, começa a partir das 10h e você vai encontrar: antiquários, brechós, estilistas, designers, artesãos e artistas de várias regiões do Rio! O público gira em torno de 18 a 20 mil visitantes a cada edição e há aproximadamente 400 expositores.

Pra deixar vocês com mais vontade, algumas fotos!

Divirtam-se ;)

 

Início da feira na Rua do Lavradio

Lavradio 26

Lavradio 25

Lavradio 24

Lavradio 23

Lavradio 22

Lavradio 21

Lavradio 20

 

Acho a arquitetura daqui fantástica!

Lavradio 19

Lavradio 18

Lavradio 17

Lavradio 15

Lavradio 14

Lavradio 13

Lavradio 12

Lavradio 11

Lavradio 10

Lavradio 9

 

Teatro ao vivo!

Lavradio 7

Lavradio 6

Lavradio 5

Lavradio 4

Lavradio 1

Lavradio 3

Lavradio 16

Lavradio 8

Lavradio 2

 

 

Gostaram?

Beijos da Thata

Pontos turísticos

De onde vem o nome Copacabana

Olha que bacana, lendo uma matéria do Diário do Rio, encontrei o significado de Copacabana:

Significa mirante do azul, na língua Inca Quichua. Também existe uma cidade boliviana nas margens do Lago Titicaca com o nome de Copacabana. Originalmente, o nome do bairro era Sacopenapã que  era um areal deserto quando pescadores ergueram uma capelinha no extremo sul da praia. Nela foi colocada a cópia de uma imagem de Nossa Senhora de Copacabana, trazida por mercadores de prata bolivianos. A igreja foi destruída para dar lugar ao Forte de Copacabana.

Copacabana em 1900

 

E fui fuçar a sua história e algumas fotos antigas, que adoro ver… acho realmente que vivi no Rio nessa época em outra vida, não é possível! Acho tudo fascinante aqui…

Copacabana 1

 

Copacabana é o bairro mais conhecido do Rio de Janeiro, do Brasil, do mundo!

VISTA DE COPACABANA DO ALTO DO FORTE DO LEME

VISTA DE COPACABANA DO ALTO DO FORTE DO LEME

 

“(…) Depois que voltei, juntei-me a um alegre grupo num passeio a cavalo a Copacabana, pequena fortaleza que defende uma das pequenas baías atrás da Praia Vermelha e de onde se podem ver algumas das mais belas vistas daqui. As matas da vizinhança são belíssimas e produzem grande quantidade de excelente fruta chamada cambucá, e nos morros o gambá e o tatu encontram-se frequentemente (…)”

Maria Graham – Londres – 1824

“(…) O primeiro plano, formado pelo prolongamento das montanhas que beiram a costa do Rio de Janeiro, permite verem-se as pequenas ilhas e bancos de areia que assinalam a sua proximidade. Vê-se no meio da areia a pequena igreja de Copacabana, isolada num pequeno platô: à direita um segundo plano formado por um grupo de montanhas entrando mar a dentro esconde a sinuosidade do banco de areia cuja extremidade aparece com a sua parte cultivada tão reputada pelos seus deliciosos abacaxis. Aí se forma a embocadura de um pequeno lago alimentado pelas águas do mar em maré alta.”

Jean Baptiste Debret – França – 1834

 

A primeira lenda que se conhece sobre Copacabana o bairro, que já tinha este nome, conta que duas baleias, encalhadas segundo alguns, livres segundo outros, teriam aparecido na praia, no final de agosto de 1858. Entre os dias 22 e 23 daquele ano, centenas de pessoas – com o imperador Pedro II e sua comitiva à frente – deslocaram-se para vê-las.

Os mais ricos seguiam de coches, puxados a cavalo, e levavam um grande farnel barracas para se acomodarem. Outros iam a cavalo, ou mesmo a pé. As baleias não estavam mais lá, apesar disso, quem ficou na praia divertiu-se muito, num piquenique que durou três dias e três noites.

Começou daí o namoro da população do Rio de Janeiro com aquele areal inóspito e insalubre, que em meados do século XVIII, trocara o nome de Sacopenapã (toda a região de Copacabana até a Lagoa Rodrigo de Freitas), em tupi o caminho das socós (ave pernalta, da família dos ardeídeos, muito abundante nas restingas do Rio de Janeiro), por Copacabana , mirante do azul, em quichua (nativos do Peru e da Bolívia) e, também, vem do termo aymara arcaico Copakawana e significa aquele que atira a pedra preciosa.

Copacabana 3

A CAPELA PARA NOSSA SENHORA DE COPACABANA NO FINAL DO SÉCULO XIX

 

O ENCONTRO DOS DOIS LADOS DO TÚNEL VELHO EM 1892

O ENCONTRO DOS DOIS LADOS DO TÚNEL VELHO EM 1892

ladeiradostabajaras 1928

ALTO DA LADEIRA DOS TABAJARAS EM 1938

avatlntica1906

AVENIDA ATLÂNTICA EM 1906

avatlntica19253

PRAIA DE COPACABANA E A MODA PRAIA VERÃO DE 1925

avatlntica1919 (2)

A RECÉM INAUGURADA AVENIDA ATLÂNTICA EM 1919

HOTEL COPACABANA PALACE

HOTEL COPACABANA PALACE

AVENIDA NOSSA SENHORA DE COPACABANA

AVENIDA NOSSA SENHORA DE COPACABANA

Copacabana fez política durante décadas, porque muitos nomes que fizeram a história do Brasil escolheram o bairro para morar:

Presidentes da República

  • Eurico Gaspar Dutra
  • João Fernando Campos Café Filho
  • Carlos Coimbra da Luz
  • Nereu de Oliveira Ramos
  • Juscelino Kubitscheck de Oliveira
  • João Belcjior Marques Goulart
  • Ranieri Mazzili
  • Emílio Garraztazu Médici
  • Tancredo de Almeida Neves

 

Governadores

  • Carlos Werneck Lacerda
  • Magalhães Pinto
  • Leonel de Moura Brizola

 

Ministros de Estado

  • Odílio Denys
  • Afrânio de Mello Franco
  • Henrique Teixeira Lott
  • Armando Falcão
  • Horácio Lafer
  • Lyra Tavares
  • Lucas Lopes
  • Otávio Gouveia de Bulhões
  • Otávio Gondin

 

Outros políticos, militares e personalidades

  • Assis Chateaubriand (na Avenida Atlântica entre Rua Miguel Lemos e Rua Djalma Ulrich)
  • Benedito Valadares
  • Olímpio Mourão Filho
  • Cibilis Viana
  • Roberto D’Ávila
  • Dorival Caymmi
  • Augusto Frederico Schmidt
  • Paulo Coelho
  • Billy Blanco
  • Clovis Bornai
  • Mário Lago
  • Neguinho da Beija-Flor
  • Josué Montello
  • Cauby Peixoto
  • Sylvinha Telles
  • Dercy Gonçalves
  • Braguinha
  • Bruno Medina
  • Marta Rocha

 

FONTE: http://copacabana.com/historia-de-copacabana/