Gírias cariocas

O “carioquês”

O "carioquês"

As gírias cariocas são o “maior barato”! Eles definitivamente não usam essa expressão por aqui… rs

O modo de falar dos cariocas é conhecido no Brasil inteiro, de longa data. E paulistas tem a péssima mania de falar mal e acharem que falam o português mais correto do Brasil (eu sei que os cariocas também falam da gente, mas essa rixa boba acho que não vai acabar nunca). Para tudo gentem!

Claro que eu tenho que concordar que o “Tu tá de brincadeira comigo” ou “Tu vai ali, tu fez isso aqui” soa meio engraçado, meio errado, meio torto, mas já me acostumei tanto com algumas gírias e com o “x” no lugar do “s” (não me matem amigos cariocas) que é muito gostoso de ouvir e me arrisco numa frase dessas de vez em quando.

Me divirto quanto falam “saltar” do ônibus, “Tô cheio de fome” e quando eles tiram a maior com a minha cara quando peço para atravessar no “farol” ou para o taxista virar no farol… é um bullying com a minha pessoa toda vez que falo isso! Sempre escuto a pergunta seguinte: Farol? (ah, sim, sinal… aí lá vai eu explicar que ainda não consigo falar sinal, mesmo morando há anos aqui).

E o “tô bolada” e “merrrrmão”? Ainda não consegui absorver essas gírias no meu dia-a-dia, afinal sou casada com um paulistano e vou muito a São Paulo, além da família toda ser de lá e muitos amigos que falo sempre, então as gírias paulistas ainda permanecem. Mas o “CARA”, ah… esse eu já peguei! Sai fácil, fácil, é quase automático quando estou falando com um carioca e até corrijo meus amigos paulistas quando chegam aqui, porque soltar um “pô meu” logo de cara, é dureza, se entrega na hora e vai pagar mais caro em qualquer água de côco por aí! rs…

Agora, o “s” com som de “x”, esse eu não consigo pegar nunca, é difícil sair naturalmente se eu não forçar. Para paulistas é muito complicado, ainda mais que é a causa da maior rixa entre Rio e SP… ai ai, mas me divirto muito com isso. É o som que o paulista mais gosta de reclamar e zoar (zoar no Rio… acho que nunca ouvi um carioca falar essa palavra aqui não…). Mas, basta o paulistano chegar aqui pra querer copiar o famoso cheexxxxxburger deles. Com o tempo você aprende, se acostuma e acha até que está falando errado, é impressionante. Esse jeitinho relax de viver é obrigatório aprender!

OBS: tenho que dizer isso, uma coisa muito chata que estava fazendo na hora que escrevi esse post: diretamente da praia, sentada na minha canga, pé na areia, ouvindo o barulhinho das ondas, os ambulantes ensandecidos vendendo seus espetinhos de camarão, bixxxcoito GLOBO e o maravilhoso e famoso MATE, único no Rio: o de galão tá? Não o de copinho! Ainda tem o picolé da Moleca, o sanduíche natural, a salada de frutas e tudo o que você puder imaginar… Vai aí umas fotinhos para comprovar! :)

foto 1

foto 2

foto 3

Me siga nas redes sociais ;)

Instagram: @thailisemonteiro
Facebook: www.facebook.com/blogacaradorio
Twitter: @thailisecosinha
Youtube: www.youtube.com/user/acaradoriopontocom
Snapchat: thataacaradorio

 

Informações úteis:

Aluguel de carro no Rio: www.rentalcars.com

Onde ficar no Rio: www.booking.com/riodejaneiro

Você pode gostar também

  • http://www.facebook.com/100000175149582 Steh Kroll Rabelo

    ate que carioca fala zoar sim viu rs, adoro o rio tb, sou gaucha e moro no rio faz 10 anos meu sotaque deve ser algo muito estranho misturado entre gauderio e carioques hahahah mas adoro o rio

    • Thata Monteiro

      É verdade Steh! A gente não se muda daqui por nada não é? Beijos

  • Tati Sing

    Ta lindo o blog! Amei tudo! Parabéns e Sucesso.Bjuss

    • thailise

      Obrigada Tati, que bom que gostou!!! Beijos

  • Sabrina

    Sucesso total o blog! Só tem que andar mais com os cariocas, heim? hahahahaha :D

    • thailise

      Obrigada Sá Sá! Precisa sair comigo mais né? rs

      • Sabrina

        Preciso messssssssssmo! Vamos voltar as aulas de carioquês, heim? hehehehe